Instrução Normativa 55 traz novos parâmetros de temperatura do leite visando adequação ao novo Riispoa Instrução Normativa 55 traz novos parâmetros de temperatura do leite visando adequação ao novo Riispoa

06-10-2020 09:56:20 - Por: Sindilat

Altera a temperatura de resfriamento e de conservação de 4 para 5 graus Celsius.

Instrução Normativa 55 traz novos parâmetros de temperatura do leite visando adequação ao novo Riispoa
O Sindicato da Indústria de Laticínios do RS (Sindilat) alerta aos associados que, a partir de 1° de novembro de 2020, a Instrução Normativa 55, do Ministério da Agricultura, Pecuária e Abastecimento (Mapa), entrará em vigor estabelecendo novos parâmetros para a temperatura do leite cru e pasteurizado nos laticínios. A IN veio para adequar o texto da IN 76 em função do mais recente decreto 10.468/2020 que traz novas orientações ao Regulamento da Inspeção Industrial e Sanitária de Produtos de Origem Animal (Riispoa).

“A IN 55 apenas altera a temperatura de resfriamento e de conservação de leite cru e leite pasteurizado de 4 para 5 graus Celsius para adequar o que já diz o novo decreto, ou seja, apenas atualiza as orientações que constam na IN 76”, destaca Leticia Vieira, consultora de Qualidade do Sindilat.


De acordo com a nova IN 55, passará a ser exigida a temperatura de 5 graus Celsius nas seguintes etapas e processos: conservação e expedição do leite no posto de refrigeração; conservação do leite na unidade de beneficiamento de leite e derivados antes da pasteurização; estocagem em câmara frigorífica e expedição; conservação do leite cru na granja leiteira; e estocagem do leite pasteurizado tipo A em câmara frigorífica e expedição.

Para saber todas alterações que passam a vigorar a partir de 1º de novembro de 2020 acesse aqui a INSTRUÇÃO NORMATIVA Nº 55, DE 30 DE SETEMBRO DE 2020 completa.